quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

L de Lua...Luísa


Desenhei a minha letra, com laços de ternura

Rodopiei por ela, dei-lhe movimento e cor!

Com ela marco o melhor dos meus momentos,

Registo a mais bela das minhas lembranças!

Ao som da música, embalo a fita de seda,

transformo-a em gentileza e sinto-a voar...

Agarro a fita firmemente, olho-a dando-lhe confiança!

Vejo-a cirandar por entre o ar, dou-lhe liberdade para voar!

3 comentários:

  1. Mira-te pelo calendário da flores
    Que são só viço e esquecimento.
    Desprende-te dos ofícios do dia,
    Apaga os números, os anos e anos,
    Releva a data de teu nascimento.
    E assim, por tão leve sendo,
    Por tão de ti isento,
    De uma quase não resistência de pluma,
    Abraça o momento,
    Te apruma,
    Tome por bagagem os sonhos
    E apanha carona no vento.

    (Fernando Campanella)

    beijos

    ResponderEliminar
  2. e nessa letra, cresces, transformas-te, dás luz, e escureces, é a letra da tua vida, que te acompanha e já houve quem lá chegasse à lua...luisa.

    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Muito lindo Luísa... Parabéns!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar

Olhares de perto