domingo, 22 de novembro de 2009


Foto da net


Estas são as mãos que bordam
Com traços grossos de verga
Os mais belos cestos da feira!
Estas são as mãos do conhecimento artesanal,
do talento, do engenho, da faculdade criativa!
São mãos que dão vida, dão afecto, dão colo,
mãos de onde nasce arte!
Mãos que lançam suspiros e desabafos de vida!
Mãos com um rosto,
de quem com suas lágrimas humedece as suas labutas.
São lides! Trabalhos com conhecimento e sabedoria!
De quem tudo o que faz mostra com gosto,
como se a todos mostrasse um novo filho!

17 comentários:

  1. LUÍSA

    Estás a fazer uma ANTOLOGIA POÉTICA DO ARTESANATO PORTUGUÊS.

    Belos versos!

    Um beijo sempre a admirar-te.

    Vou mandar-te um mail...

    ResponderEliminar
  2. As mãos transformam, são as artesãs do corpo,

    belíssimo.

    beijinhos Luísa

    ResponderEliminar
  3. Já tive a oportunidade de os ver fazer... é arte, arte da boa!!!

    Beijinho Luísa e boa semana.

    ResponderEliminar
  4. as maos dos artesanos fazem verdadeiras obras de arte! e tues versos sao lindos, beijos,

    ResponderEliminar
  5. Luísa querida!

    Que poder temos nas MÂOS, não é mesmo? As mesmas que dão colo podem dar uma bofetada, as mesmas que fazem arte podem provocar destruição!

    Lindas e calejadas estas mãos que tu nos mostra com muita beleza através do teu poema e que tramam todos os dias a sua própria vida em cada cesto que terminam!

    Lindo post...


    Bjão carinhoso pra ti!
    Boa semana!

    ResponderEliminar
  6. mais uma vez me emociono com a tua sensibilidade Luisa.
    Bela arte. A arte das mãos do artesão e a arte das tuas palavras!

    beijos.
    Nii

    ResponderEliminar
  7. grande blog sem duvida! musicstuff-musicstuff.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Tenho gostado muito, Luísa destes seus textos e fotos em que as mãos falam por si.
    É também importante lembrar estes artistas que muitas vezes esquecemos. Obrigada por os tornar vivos para nós.
    Um grande beijinho,
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  9. Olá Luísa, belos versos...linda homenagem ao Artesãos da nossa terra...Espectacular....
    Beijos

    ResponderEliminar


  10. Já estou aguardando o próximo post...

    Mãos à obra LUíSA
    e o olhar próximo, muito próximo!

    Como disse o João:
    Uma Antologia...

    Beijos!

    :)

    ResponderEliminar
  11. As mãos... São elas responsáveis por tantas coisas que conseguimos realizar. O texto diz tudo.
    Abçs,
    Ana

    ResponderEliminar
  12. passei para te dar um bom dia, e um grande beijo e logico para ver se havia novidades:))),

    ResponderEliminar
  13. Lindo! Como todos os teus fantásticos textos.
    Parabéns.
    Apesar da minha ausência nos comentários gosto muito de vir aqui ao teu cantinho ler-te.
    Força!
    Bjinhos.Pedro

    ResponderEliminar
  14. João,
    cresci com uma "amostra" desteas actividades artesanais.
    Os meus pais sempre me ensinaram a olhar e ver a arte de quem tudo faz com as mãos.
    Ainda não me atrevo a fazer o que sugeres...Lembras-te de te ter dito que ainda me sinto pequenina?
    Ora aí está!
    Muito obrigada pelo doce cumprimento!

    ResponderEliminar
  15. Gisela,

    mãos laboriosas que dão aso à criatividade.
    Mãos que mostram o que pensam, não achas?
    Beijinho

    ResponderEliminar
  16. ellen,

    de facto é arte!
    É aquela arte que mora no nosso país e que todos apreciamos, não é?
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Olhares de perto