terça-feira, 24 de novembro de 2009


Foto de Adágio


Veio com laços de ternura
Cheio de amor para dar
E um dia, quando dele precisei
Foi o primeiro a lá estar!

Entregou-se sem restrições
Trazia sensibilidade e meiguice
Batia por cada pulsar de amor
E engraçou com a minha meninice!

Doce coração, que batia de tanto amor
Olhava-te como um porto seguro
Cresci contigo a aplaudir os momentos
Que um dia brindariam ao nosso futuro!

A ti,
um meu mais doce beijo!
Obrigada!

16 comentários:

  1. Amiga Luisa,
    Estou de volta,e é com laços de ternura,que venho agradecer os comentários que fez no meu blog.
    Não estragou nada, cada palavra sua valorizou mais o meu blog e ajudou-me muito a mim, pode crer.
    E se me der autorização, irei publicar o poema que lá deixou, lá mais para a frente.
    Muito obrigada e um beijinho terno
    em seu coração.
    José

    ResponderEliminar
  2. Olá Luísa,
    Que linda, doce e terna homenagem, gostei muito!

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  3. Muita ternura aqui deixada à vista.
    É bonito!
    Muito bonito de ver.

    Agora percebo (?) porque vieste tardote...

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  4. Que lindos laços, que lindas palavras nesta homenagem!
    beijos

    ResponderEliminar
  5. Bela homenagem!!

    "Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha
    é porque cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra.
    Cada pessoa que passa em nossa vida, passa sozinha
    e não nos deixa só, porque deixa um pouco de si
    e leva um pouquinho de nós.
    Essa é a mais bela responsabilidade da vida e a prova
    de que as pessoas não se encontram por acaso. "

    Charles Chaplin

    Abraços com uma linda semana cheia de amor e paz.

    ResponderEliminar
  6. Olá! Luísa

    Quanta beleza e sensibilidade nessa homenagem...laços de amor e amizade são sempre eternos.

    beijos,

    ResponderEliminar
  7. Ternura em versos!Lindo!beijos,chica

    ResponderEliminar
  8. que lindas palavras, tao cheias de ternura, adoro teus poemas e a imagem é muito invocadora...laços eternos., beijos

    ResponderEliminar
  9. O Rapaz está todo babado...

    ResponderEliminar
  10. Está babado ?
    A LUÍSA não tece elogios a quem os não mereça!

    ResponderEliminar
  11. Oi poetisa!
    Qualquer um engraça com as tuas doces palavras, mesmo estando longe!
    Quando te conhecemos , apreciamos e damos mais valor ao ser belo que és!
    Para essa pessoa certamente não foi difícil aplaudir e vivenciar os momentos que partilham !
    Um beijo,
    Dite

    ResponderEliminar
  12. um bom dia para voce, minha querida Luisa,

    ResponderEliminar
  13. Cheguei aqui pelo blog do Tonho.

    Gostei muito dos poemas que li. Vc escreve de forma delicada.

    Parabéns =).

    Beijos.

    ResponderEliminar
  14. Tudo nesse blog é lindo, as discussões, as imagens, as poesias. Senti muita maturidade de pensamento neste espaço. Muita sabedoria acumulada com a vida.
    A homenagem neste post está linda, é uma doação plena e um reconhecimento significativo.

    Voltarei.

    Abraços.

    ResponderEliminar
  15. Uma poesia cheia de ternura, de dávida e de reconhecimento!...
    Lindo este poema, que me consola.
    Bjs,
    manuela

    ResponderEliminar
  16. Outro bonito! que mais hei-de eu dizer? :)

    por vezes levo tmepo a passar, mas quando passo espreito tudo eheheh

    Beijinho para si

    ResponderEliminar

Olhares de perto