quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Mãos que moldam chapa


Foto da net


Mãos laboriosas, aplicadas ao trabalho
num movimento continuo de arte!
Desenham as peças, riscam a chapa,
Cortam, furam, rebitam e martelam!
Engenho não lhes falta!
Em cada hora do dia, amam o movimento que fazem!
Há dedos ágeis, laboriosos, dedicados e extremosos!
Há apreço pela arte que os viram nascer!
Todos lhe conhecem a função, todos lhe apreciam as tarefas!
Latoeiro de seu nome, engendras bom gosto em cada uma das tuas peças!

20 comentários:

  1. Linda homenagem aos que trabalham tão bem assim...com arte! beijos,tudo de bom,chica(e a imagem linda!)

    ResponderEliminar
  2. Um grande beijinho para aquela que transforma qulquer imagem em poesia...

    ResponderEliminar
  3. Oi Poetisa!
    Mãos que moldam e muito bem!
    Tantos deveriam ser assim valorizados e reconhecidos como os grandes mestres de obras de arte.
    Infelizmente já não existem assim tantos!
    Um beijo,
    Judite

    ResponderEliminar
  4. Este teu poema!...
    Recitei-o aqui por duas vezes.
    Tem um ritmo que obriga a lê-lo com voz forte e cadenciada!
    Logo depois, muda o ritmo e a voz. Quase um sussurro...
    Novamente, a voz forte, bem marcada!
    A terminar em meio tom, noutro ritmo.
    Um potencial para um declamador!!!

    MUITOS PARABÉNS, LUÍSA!

    Um beijo (e a imagem? Escolhida a preceito!)

    ResponderEliminar
  5. belissssssimas palavras para os que trabalham com estas maos incriveis,e para voce parabens por escrever deles e tao lindo!
    beijos

    ResponderEliminar
  6. Hace años que esa estampa ha desaparecido de mi entorno,ahora todos somos muy...modernos y ese trabajo no está en el entorno.Personalmente me ha llamado la atención el trabajo artesano de estas personas que nos han permitido llegar hasta aquí y con la facilidad con la que se les ha relegado.
    Aplaudo tu iniciativa y te doy las gracias por ello.Un biquiño de A.Dulac

    ResponderEliminar
  7. Hoje passando para de agradecer a visita no meu blogger.

    "Se tiver que amar, ame hoje.
    Se tiver que sorrir, sorria hoje.
    Se tiver que chorar, chore hoje.
    O ontem já se foi e o amanha talvez não venha".

    (André Luiz/Chico Xavier)

    Abraços, um lindo final de semana com muito amor e carinho.

    ResponderEliminar
  8. Chica,

    nunca será em demasia olhar de perto aqueles que arduamente trabalham o metal.
    Obrigada pela doce vista!

    ResponderEliminar
  9. Inês,
    não é dificil, pois não?
    Há apenas um reconhecimento pelo artesão!
    Beijinhos e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  10. Dite,

    por cá havia um, lembras-te?
    Todos o olhavam de lado pela cor das suas mãos!
    A verdade é que só lhe conheci nas mãos a cor do trabalho...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. João, SENHOR,

    adoraria ter-te ouvido!Apanhaste a essencia das palavras e mandaste-as para o mundo, ora em tom imponente, ora em tom meigo e calmo!
    Assim escrevi cada uma!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Myra,

    estes artesãos merecem que algué lhes faça uma vénia, não acha?
    Eu fi-la com as palavras.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. A.Dulac,

    mercidamente lembrados, não concordas?
    Beijinhos e um doce fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  14. Eduardo,
    um excelente fim-de-semana, para ti também! Que a tua ilha te presenteie com dias de sol primaveris!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Olá Luísa , belo poema...Espectacular....
    Beijos

    ResponderEliminar
  16. OLá,
    Lindo poema em homenagem aos artesãos, gente de muito saber acumulado, que fazem mágicamente nascer das suas mãos calcinadas o belo.
    Dupla criatividade!...
    Beijos,
    Manuela

    ResponderEliminar
  17. Olá, voltei Luísa :)
    Obrigada pelos seus miminhos lá no meu cantinho :)
    estive sem net rsssssssss

    e há quanto tempo eu não via um latoeiro!!! fi interessante recordar aqui o estimado trabalho destes homens quase desaparecidos... que será de nós quando esta preciosidade já tão rara desaparecer? mais pobres pela certeza ficará nosso País...

    Beijinho grande para si

    ResponderEliminar
  18. A foto é lindissima, as palavras,seguramente,terão o apreço de quem trabalha e faz do seu dia a dia a luta pela sobrevivência e pelo seu bem estar

    ResponderEliminar
  19. Não só merecem vénias como um retrato. Eu tiro fotos e Você escreve muito bem.
    Quando precisar de alguma foto para publicar, eu posso oferecer-lhe.
    batidasfotograficas.blogspot.com

    ResponderEliminar

Olhares de perto