domingo, 27 de abril de 2014

Aromas de Sabadelle

foto de Carmen Perez Alvarez - Aromas de Sabadelle

Guardas em mim a frescura do verso
O deleite visual da imensidão verde
numa pintura leve de azul celeste!
Tocas em mim o som do silêncio,
o ruído mais brevemente calado
do toque de magia num campo tocado!
São acordes da brisa aromada que deixas entrar,
que para sempre será guardada
num coração que bate,
quando te espera ao luar...
Aromas de Sabadelle,
por Carmen Perez guardados!




5 comentários:

  1. Tocas em mim o som do silêncio, o ruído mais brevemente calado do toque de magia num campo tocado!
    Luisa...bicariate..como se pode escricir tan ben..?
    Que maxia ten a tua alma...que co son daplabras ...levas ...e elevas o espírito do leinte?
    Luisa a feiticeira de emocions!

    ResponderEliminar
  2. Luisa Vilaça que xa è de Sabadelle-Chantada, Lugo. Galicia....e serà xa para sempre....Moitas gracias por iste poema tan fermoso..

    ResponderEliminar
  3. Esta manhã faleceu um grande Poeta e um GRANDE PORTUGUÊS.
    Como sabes, era um AMIGO.
    Não me sinto capaz de comentar o teu poema.
    Desculpa.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  4. O Poema é lindo, as flores maravilhosas e quem tem um olhardeperto, tem o perfume melhor do mundo!!!

    ResponderEliminar
  5. Nota-se a alegria delas na forma como se apresentam, frescas, verdinhas, azuladas e, em grupo a celebrar o lindo poema que a elas é dedicado!
    A.Fernandes

    ResponderEliminar

Olhares de perto