quarta-feira, 2 de abril de 2014

Distâncias temporais

foto by Luísa - Esposende- verão 2013
Não gosto da distância no tempo
dos minutos que não desenvolvem
das horas que custam a passar
e com elas o futuro escondem!
Não gosto do tempo parado,
sem projetos de amor
nem momentos programados!
Não gosto de esperar pela vida,
fazendo antes um desenho esperado
daquilo que conto ver
num pedaço de tempo desejado...



5 comentários:

  1. "Não gosto de esperar pela vida,
    fazendo antes um desenho esperado daquilo que conto ver num pedaço de tempo desejado...
    ...Valente determinación!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Valentia? So nas palavras... Bjnhs,querida Carmen

      Eliminar
  2. Além das palavras ( belas como sempre ! ), e das diferentes interpretações que elas terão, vejo aqui na tua imagem um Verão muito estranho, muito cheio de caos...

    Um beijo, e força, Luísa !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beijinhos mil, querido amigo!
      Já me lês nas entrelinhas...

      Eliminar
  3. Pois minha amiga, o tempo não para. Nós é que paramos no tempo, quando "sem projetos de amor nem momentos programados".
    Sempre assertiva Parabéns.

    ResponderEliminar

Olhares de perto