quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Voos sem asas

foto by Luísa

Mesmo que chova
que os dias acinzentem
que o calor entre em fuga
e se dispersem as aves...
Mesmo que o sol hiberne
o céu se vista de nuvens
que se cubra de segredo
e não revele o seu estado...
Promete que abres as asas
que acolhes a bondade
abraças a fragilidade
e festejas as falhas...
...tolerando!
Só quem voa percebe a rota traçada.

4 comentários:

  1. Lindo voo que esse, todos nós podemos fazer! bjs, chica e linda noite!

    ResponderEliminar
  2. "Só quem voa percebe a rota traçada." Como sempre, certeira.
    Só experienciando nos encontramos e encontramos os outros...

    ResponderEliminar
  3. Muito bonito, Luísa. Este voo promete.

    ResponderEliminar
  4. Está prometido...
    Beijo.
    DB

    ResponderEliminar

Olhares de perto