terça-feira, 9 de setembro de 2014

Brisas do norte...


foto de JOÃO MENÉRES - www.grifoplanante.blogspot.pt

Regresso aos dias verdes da serra
aqueles em que me vejo por entre folhas
e na terra escrevo serenidade!
Voltei para dentro de mim
numa viagem de olhares imensos
entre o azul raiado de branco
num céu inscrito de saturação!
Vim ver-te verde,
beber-te da frescura minhota
e dizer-te que o amanhã mora aqui,
nas folhas dançantes dos teus ramos
que se pavoneiam ao ver-me sorrir!
Cheguei antes de te ver despir!

9 comentários:

  1. Maravilhoso poema, Luísa !
    A imagem não está à altura da tua POESIA.
    Tenho que me esforçar mais quando quiseres uma imagem de uma árvore despida.

    A imagem AQUI está sem definição. Copiaste do computador ou do telemóvel ?

    ResponderEliminar
  2. Para outra vez, envio com 50 Mega através do We transfer !!!

    ResponderEliminar
  3. Agora sim, está o que fotografei...
    Concordas, Luísa ?

    Um beijo e obrigado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo! muito obrigada pela imagem! És sempre fantástico!
      Mil beijinhos

      Eliminar
  4. O Minho bem pode orgulhar-se da "filha" que tão bem o descreve e ama.
    Mas, gostei, particularmente, da parte "voltei para dentro de mim". Talvez que esse seja o melhor de todos os nossos regressos.
    Ah, e parabéns ao fotógrafo, João Meneres.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pela tão doce leitura ao meu olhar...
      Beijinhos!

      Eliminar
  5. Como vês, não te dou sorte com as minhas imagens...

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta é a fase da rentrée....as pessoas leem mas n comentam...esta postagem ganhou ânimo ;) :) <3

      Eliminar
  6. "Cheguei antes de te ver despir" a anunciar os dias que aí vêm em que o "voltei para dentro de mim" é ler o "livro" outra vez, com outros olhos.
    Muito bem!
    Bom domingo!

    ResponderEliminar

Olhares de perto