sábado, 12 de dezembro de 2015

Brilhos silenciosos

Assiste,
vê a cor cintilante do clima,
senta-te, 
agarra-lhe a magia e sonha...
Já pensaste na cor das estrelas
e no tom que darás ao céu quando lhe tocares?
Explosiva(mente), brilha.
tilinta o som dos teus toques
pois deles lembrarei ao regressar.
Gostaria que o sonho não parasse
e nele acordasse a brilhar.
Assiste!
Verás brilhos silenciosos a soprar


1 comentário:

  1. Com este céu já nublado
    não há o que agarrar.
    Não é tempo para se estar apaixonado
    por muito que se queira amar.

    ResponderEliminar

Olhares de perto