quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Saudades

Não vejo como possível
a tua ausência de ti!
Moras tão longe!
Nada faz sentido.
Tento 
 colar o rotulo dos teus ensinamentos e eles
esvaíram-se na fuga da memória.
Sofro a perda dos conceitos
e neles me resguardo para aceitar
que em ti vive apenas amor
e no amor vivo para ti!
Preciso tanto de ti...



4 comentários:

  1. " ,,,em ti vive apenas amor... " é a Luisa Vilaça, que tenho orgulho de ser amiga !!!!
    MCL

    ResponderEliminar
  2. Que se passa, para assim escreveres, Luísa ?

    Um beijo muito amigo.

    ResponderEliminar

Olhares de perto