segunda-feira, 9 de junho de 2014

Olhares 1

foto by Luísa - Vila do Conde - Centro da Memória

Sobre o filão de água que não corre
apressam-se as nuvens que decoram a paisagem!
Na almofada do chão que pisam,
pestanejam o olhar ao céu azul!
Comungas das cores?
Dos odores e sentimentos de nada
ao tudo que se lhes toca?
Então, aprecia em silêncio...
...não me interrompas o olhar!

6 comentários:

  1. Maravilha!!! Tudo lindo,adorei! bjs,chica

    ResponderEliminar
  2. Umas vezes é a inspiração que falta...e não a água (do mar ) que continua bem fria.
    Só interrompo o teu olhar NUM OLHAR DE PERTO, Luísa !

    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu,querido Joao,nunca interrompes!
      Es sempre muito bem-vindo com a tua assertividade!
      Mil beijinhos

      Eliminar
  3. "Então aprecia em silêncio....
    ....não me interrompas o olhar!", As coisas belas apreciam-se em silêncio em comunhão com o olhar que tudo guarda no baú das memórias passadas e dos momentos presentes. Mais um belo poema. Silvana

    ResponderEliminar
  4. Tem céu teu por lá! bjs e obrigadão! chica

    http://ceuepalavras.blogspot.com.br/2014/06/ceus-da-luisa.html

    ResponderEliminar

Olhares de perto