domingo, 16 de março de 2014

Faz-me falta.

foto da net

Falta-me um café,
um pouco de líquido amargo e quente,
de aroma único e inspirador, até!
Faltam-me as folhas brancas por desenhar,
as páginas de um livro aberto para sonhar...
Faltam-me a mesa, o lápis, o cheiro a pó,
a almofada enrodilhada e a manta para pisar!
Falta-me vontade de escrever,
aquele bichinho que fala mudo e motiva
a dança das teclas até o texto aparecer...
- fazes-me falta!

13 comentários:

  1. Faltam-me a mesa, o lápis, o cheiro a pó,
    a almofada enrodilhada e a manta para pisar!

    Maravilloso poema de Luisa Vilaça

    ResponderEliminar
  2. Há dias assim, minha amiga. Até o Pessoa, que vivia a escrita, falou nisso. E, quando menos se espera, as musas "entram de serviço".
    Eu espero.

    ResponderEliminar
  3. Os seus poemas são fantástico, sempre em alta!

    ResponderEliminar
  4. Nem te falta a vontade de escrever, nem nada do que dizes !
    A prova está neste FAZES-ME FALTA !

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada,João!
      Sabes que tem dias...tem horas...tem momentos....em que o texto corre!
      Terá sido este um desses momentos, talvez!
      Mil beijinhos

      Eliminar
  5. Querida amiga Luísa, és excelente! !!! Mil bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ninguém bate a excelência quando te tem a ti por perto, Felicia!!

      Eliminar
  6. a mim me falta tudo....e adoro cafe:)
    beijos

    ResponderEliminar
  7. I'll immediately take hold of your rss feed
    as I can't in finding your e-mail subscription hyperlink or newsletter service.
    Do you have any? Please allow me recognize so that I may subscribe.
    Thanks.

    Here is my blog post :: back support pillow

    ResponderEliminar

Olhares de perto