quarta-feira, 19 de março de 2014

Ruas por viajar

foto by Luísa - Pinhal de Ofir

Quantas vezes fazemos trajetos
por rua já calçadas?!
Pisam-se as pedras,
ouvem-se as pessoas,
sentimos o canto dos pássaros
num tom macho de ecos cantados!
Passamos ligeiros,
apressados com a vida,
corridos de intensa existência,
avençados de estar...
...cansados!
Vamos andando,
trajeto atrás de trajeto,
num passo veloz,
vivendo a vida,
esquecendo-nos de nós...
...por ela ser tão sentida!
Trajetos, meramente trajetos!

7 comentários:

  1. Não sei se já passei por esse caminho...
    Mas que importa se és tu que me conduzes rua fora ?

    Um beijo e felicitações.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já passaste sim, João!
      Lembras que à direita passa o rio, e em frente encontrarás o mar?
      E o cheiro nas ruas? É aroma de pinheiro...São ruas seguras e saudáveis.
      Bjnhs

      Eliminar
  2. Mais um lindo poema.
    Para quando o livro.
    Bj, Arminda

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ter amigos é tão bom!
      Obrigada pela visita ao meu olhar de perto!
      Bjnhs

      Eliminar
  3. ai, que vontade de passear ali, e com voce!
    lindissimo
    beijossssssssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Myra, porque não vir de Israel até cá?
      Se fossemos passear pelas ruas do pinhal de Ofir, convida-la-ía a olhar para cima...encontraria ramos de pinheiros onde os esquilos passeiam malandrecos! É um sítio lindo e do qual gosto muito!
      Beijinhos mil, adMYRAvel senhora!

      Eliminar
  4. Conheço, vagamente, o trajeto. E quanta verdade, meu Deus, nos trajetos que percorremos de forma "veloz", entretidos com futilidades e esquecendo-nos "de nós".

    ResponderEliminar

Olhares de perto