terça-feira, 11 de novembro de 2008

MIMO


Houve um dia alguém que me fez sentir a importãncia de receber um mimo.
O dia acordou, o tremor apareceu, a estranha sensação de estar of apoderou-se de mim.
Foi um dia ímpar que me trouxe muitos mais pares...
Foi só mais um dia...de muitos iguais que viriam e ainda virão!
Foi só mais um dia!
Vieram em grupo e vieram a sós,
Vieram ruidosos e silenciosos,
Vieram de conhecidos e de desconhecidos
Vieram de longe e de perto
Vieram de ti, vieram de vós
Vieram muitos e tantos...vieram todos!
Um atrás do outro, foram todos cimentando os alicerces
desta estrutura: Eu!
Obrigada, MIMO!

5 comentários:

  1. O MIMO é fundamental! Que quem não tenha ainda descoberto-o que faça logo isso!!!
    bjs

    ResponderEliminar
  2. uma homenagem GRANDIOSA a esse tao eterno.... MIMO... quem nao gosta?

    ResponderEliminar
  3. obrigada pela passadinha no Solstícios. Gostei muito daqui. bjo, bjo.

    ResponderEliminar
  4. Quando as palavras nos levam para o sentimento fica mais fácil entenderemos o valor da vida. Quanta coisa podemos enxergar através das palavras. Os textos publicados no seu blog, vão por este caminho.
    Abçs,
    Ana

    ResponderEliminar
  5. hehe, e quem não gosta de um mimo, um cafuné, um carinho... coisas boas da vida!

    beijO grande!

    ResponderEliminar

Olhares de perto