quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Novo dia, outro brilho


Ouvi amanhecer,
Senti os primeiros passos de vida,
Acelerados rua abaixo.
Vão apressados em direcção a nada!
Alvorada de mais um dia,
Com cor, luz e som.
Ouvem-se os silêncios!
Apetece gritar da janela:
Acordem, já é manhã!
Mas não!
O descanso não se interrompe,
A calmia degusta-se
aprende-se a senti-la e a vivê-la
como se fosse um rubi
guardado numa arca
com acesso só para alguns!
Toca o despertador!
Sim, são horas de acordar.
São horas de pular para a vida
Partilhar o café da manhã
Dar e receber os primeiros mimos
Sim, são horas de valorizar um sorriso
e retribuir com o mesmo esplendor!
São horas de voar...
e sentir a leveza da vida!



9 comentários:

  1. horas de voar!!
    então vamo que vamo!!

    valeu pela visita pelas palavras

    meus brinquedos tristes é como defini minha arte brinco fazendo porem normalmente eles dizem minhas tristezas

    grande abraço
    prazer em conhecer seu trabalho
    voltarei ver o que anda escrevendo

    Muita luz pra vc!!!

    ResponderEliminar
  2. Passo a redundãnci, mas:
    "Mais triste que um brinquedo triste, é a tristeza de não saber brincar".
    Obrigada pela visita!Volte sempre, pois haverá mais brincadeiras com as letras!Umas triste, outras contentes!

    ResponderEliminar
  3. Luisa

    É tão bom nós termos alguém para compartilhar o café da manhã, dar e receber os primeiros mimos...
    Longe vão os tempos que era acordado com um beijo, um sorriso saltava da face da minha querida mãe e dizia " Bom Dia Filho!"
    Há 5 anos que não vejo esse sorriso mas sinto todos os dias o beijo na minha face.

    Beijinhos.
    Miguel

    ResponderEliminar
  4. Ola Luisa

    Teria todo o gosto em visitar a SadneessGirl mas não encontrei esse blog. :(
    Por favor diz-me o endereço completo.

    ResponderEliminar
  5. Feliz seria se todos acordassem com os despertadores que a todo tempo nos dizem que é hora de abrir os olhos para o mundo e enxergar as coisas belas,simples e de verdadeira importância!!

    Amei o texto!
    beijos!

    ResponderEliminar
  6. Desculpe pela demora em responder, mas se ainda der tempo aqui vai minhas sugestões.
    Para colar as castanhas utilize uma cola mais resistente - cola quente e de o efeito de acordo com sua criatividade.
    Para se utilizar a casca de ovo o melhor é tirar a película interna que parece um plástico, porque senão a cola que pode ser branca não adere direito.
    No mais é só criar e tenho certeza que ficará um belo trabalho!
    Abçs,
    Ana

    > Volte a me visitar, ok?

    ResponderEliminar
  7. Amanheceu!
    E o dia vem dar um outro tom a vida
    Vem presentear a noite com o brilho do sol e calar sua escuridão com a luz do dia.

    Muito legal a poesia!
    Acordar e descer correndo a ladeira em direção ao nada. Lindo isso! em direção ao sol!

    BeijO!

    ResponderEliminar
  8. horas de viver de respirar, de sentir, de crescer de ser, de estar, e principalmente de mimar, os brilhos nos olhares, na rua da calçada, na nuvem que não chove, na criança que ri, no balão que voa, horas da simplicidade.

    beijinho

    ResponderEliminar
  9. Ana Lúcia,
    obrigada pela dica!Assim fizemos e o resultado final foi agradável ao olho. Sentimo-nos felizes por participar na actividade proposta pela escola.

    David,
    obrigada pela visita! Enquanto existir sol, a ladeira será percorrida com gosto!

    Dalaila,
    horas de viver. Horas de concluir que existem trajectos cruzados que são um inigma. Horas de gostar de ti...Horas de te sentir mesmo minha AMIGA!

    Ana,
    apenas serei um olhar de perto...

    ResponderEliminar

Olhares de perto