quarta-feira, 10 de junho de 2009

Portugal, o meu país

Hoje o país parou!
Serenou da azáfama em valsa lenta,
para bailar noutros salões!
De rostos inquietos, incertezas no futuro,
olham-se os jovens sem saberem o que os espera!
Vivemos um Portugal de vaidosismo,
De procura parca no conhecimento,
na sustentação pelos valores,
no arrojado protagonismo para em primeiro lugar ficar.
Não se procuram fundamentos sustentáveis,
não se argumenta a justificação das coisas pelo seu valor afectivo,
não se pretende clarificar as areias de Portugal,
mas antes delas fazer o maior castelo, em edificios sem igual!
Deixam-nos sem chão, sem pedras basilares, sem rua, sem casa
Mas, neste Portugal, nunca perderei a identidade,
nem nele me esconderei para falhar na minha integridade!



8 comentários:

  1. "Ai, que lindeza tamanha,
    meu chão , meu monte, meu vale,
    de folhas, flores, frutas de oiro,
    vê se vês terras de Espanha,
    areias de Portugal,
    olhar ceguinho de choro."
    (José Régio)

    ResponderEliminar
  2. Parabéns Luísa, pelo amor que aqui revela à Pátria.

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  3. Amiga,
    Este mal parece que não é exclusivo de Portugal, como também não é exclusivo do meu Brasil. Infelizmente...
    Apesar de tudo, sabes que tenho muito carinho pelo teu país. E admiro teu grito-desabafo.
    Dias melhores para nós!

    ResponderEliminar
  4. De forma ricamente poética, conseguiste descrever não só a situação de Portugal, mas de outros também...no mundo consumista, valores se perdem, o amor se confunde com outras coisas, e as pessoas perdem a noção de honestidade, integridade, e pior, a perspectiva de futuro, de construção de um mundo melhor...
    beijo

    ResponderEliminar
  5. que maravilha ter uma patria , e amar ela!
    beijo
    myra

    ResponderEliminar
  6. Olá Amiguinha, gostei de saber que me visitas-te, e quero agradecer-te os votos de parabens.
    Vim aqui cuscar e estou a gostar, parabens pelo teu cantinho, parabens.
    Sobre o post, acho que nos dias de hoje pouca gente liga ao dia 10 de junho, ao dia do nosso País, infelizmente!
    Bjinhos.Pedro

    ResponderEliminar
  7. Olá Luisa,
    É sempre bom elevar a voz num desabado e seguir amando.
    Um grande beijinho,
    Maria Emília

    ResponderEliminar
  8. Se mais abanassem e agitassem os vizinhos, teríamos um Portugal a andar.

    Belo e muito importante (sempre) este

    PORTUGAL, O MEU PAÍS

    Um beijo lusitano.

    ResponderEliminar

Olhares de perto