sábado, 27 de junho de 2009

Rodrigo Leão, cinema Ensemble

Vou-vos contar quem estive a ouvir:
Rodrigo Leão e cinema Ensemble!
Bem! Recomendo vivamente!
Os sons emitidos pelo violino
soam a anjos que bailam coordenados
num palco de bom gosto musical!
O que ouvimos em tons mais grossos e largos,
soltos num violoncelo castanho bem apetrechado,
dá a sensação de segurança, de proeminência!
A guitarra clássica, soou baixinho, o pouco tempo que se mostrou!
Dos tambores da bateria, foram emitidos os mais belos sons,
suaves, estridentes, silenciosos, sempre sorridentes!
Do acordeão, sairam sons dançáveis, aplaudiveis, memoráveis, até!
As mãos que lhe davam vida, tinham um sorriso alegremente invulgar!
De tecla em tecla, ouviam-se as melodias ímpares deste grupo,
com a dinâmica típica de um Rodrigo, com a coordenação do todo num só grupo.
A voz? Aaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhh, a voz!
Essa é fenomenal! Canta alto, canta baixo, canta fino, canta grosso,
Canta alegre, canta triste, canta a falar, canta a cantar!
Uma voz que só dela!
Recomendo vivamente que oiçam!
Se puderem ouvir ao vivo, tanto melhor!

8 comentários:

  1. Belíssimo poema este!
    Agradável surpresa gostar de Rodrigo Leão:) e que bom gosto musical...
    É somente mais uma cumplicidade, ofereceram-me um cd de Rodrigo Leão pelo Natal e não me canso de ouvir...tanto é que já postei no meu blog uma música dele (Rosa de Rodrigo Leão)!
    Transmite muita paz, muita tranquilidade!
    Começo a perceber a inspiração das suas palavras, a inspiração do seu sentir... a sensibilidade com que expõe o que lhe vai na alma!
    Um beijo

    ResponderEliminar
  2. Momentos,
    cumplicidades coincidentes...
    Ofereceram-me um CD duplo, no Natal de 2007. Oiço imensas vezes,faço por o ouvir quando vou para o trabalho e sei que me espera um dia difícel...Gosto de sentir o violino, o violoncelo, o xilofone...gosto de música e, mesmo percebendo pouco da matéria, gosto de a ouvir ao vivo.Assim foi ontem, num espectáculo simplesmente fabuloso!
    Beijinho terno

    ResponderEliminar
  3. Acredito que o espectáculo tenha sido mesmo fabuloso! Já estive para ir ver um espectáculo do Rodrigo Leão a Vila da Feira...mas na última da hora acabamos por não ir, era a meio da semana, e causava algum transtorno...

    Quanto ás coincidências, o meu Cd também era duplo:), só não foi oferecido no Natal de 2007, mas sim de 2008.
    Beijo e bom fds.

    ResponderEliminar
  4. Amiga Luísa,
    Gostava de lá ter estado, posso até imaginar o quão fabuloso foi!

    No meu blogue há uns mimos para si.


    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderEliminar
  5. Vou tentar ouvir. Já agora a Mumadona Dias é uma das personangens que me fascina, a para com a rainha Creuza e rei Wamba. Ainda penso escrever uma monografia sobre algum destes. A Mumadona é a mais recente...

    ResponderEliminar
  6. Com desencanto falhei o do Estoril. Atento para a próxima oportunidade.

    ResponderEliminar
  7. Pela tua mão, fui colhecer Rodrigo Leão (não era para rimar).
    Adorei...
    Obrigada!

    Beijos grandes!

    ResponderEliminar

Olhares de perto