quarta-feira, 7 de maio de 2014

Madrugada

foto by Luísa - um olhar de madrugada

Foi quando olhei a manhã que a vi espreitar o dia!
Vinha silenciosa, sossegada, trazia, na suavidade, magia!
Quantas horas carrega a madrugada,
quantos minutos espalha no tempo?
Talvez todo o tempo de alegria,
quem sabe um pouco mais de energia,
ou apenas nuances de vida
num tempo a descobrir pela manhã...
Haverá sempre muitas mais madrugadas!

12 comentários:

  1. Desta vez, não tens desculpa para participar no Flinpo da próxima semana, Luísa !
    Há madrugadas e madrugadas.
    Nem de todas gosto especialmente.
    Mas esta é uma madrugada muito especial !

    Um beijo por tudo.

    ResponderEliminar
  2. Deixo o flinpo para ti!
    Tu sabes ser brilhante e eu apenas cintilo...
    Mil beijinhos, admirável amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cintilar é muito bom,sobretudo quando se cintila a todo o momento !

      Eliminar
    2. "A todo o momento"..
      Concordo co señor João Menéres ,na descripción de Luisa

      Eliminar
    3. Deixais-me com um sorriso especial, queridos amigos João e Carmen!

      Eliminar
  3. As madrugadas são momentos mágicos, onde coisas espantosas acontecem longe da vista das pessoas, foi uma ótima ideia escrever sobre a madrugada, ela é sempre mto solitária, fria, calma e silenciosa bons sonhos de madrugadas pra todos, bemmm, pra aqueles q estiverem a dormir é claro!!!!
    A.Fernandes

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As madrugadas são lençóis de acolhimento!
      Beijinhos mil, aliuce!

      Eliminar
  4. Com mais um belo poema da Dra. Luisa o que se me oferece dizer é que a partir de agora quando acordar e me dirigir para a cozinha e ver o dia vou esperar ansiosa pelo tempo, com tudo de bom ou menos bom, que a manhã me pode trazer. Vou ser uma obreira da manhã fazendo com que ela seja bela e ansiando por outras madrugadas e pelo raiar de novas manhãs. SILVANA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada por tão belo comentário!
      Bjnhs

      Eliminar
    2. Concordo TOTALMENTE com a tua fã SILVANA !

      Eliminar
  5. Madrugada, manto diáfano onde tudo se vislumbra e tudo é escasso. Despertar de energias ou vigílias de cansaço...Madrugada, o ponto de partida, ou a meta de chegada.
    Madrugada, tanto és tudo como és nada...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanta sabedoria nestas palavras! Muito obrigada pela sua leitura à madrugada!
      BJNHs

      Eliminar

Olhares de perto