domingo, 4 de maio de 2014

Para vós

foto da net

Sabes que gosto de cuidar,
de tocar, olhar, ver e sentir o teu olhar!
Sabes que te sei apanhar,
que para ser mãe não preciso estudar
mas apenas estar contigo em cada capitulo da tua ciência!
Por isso, olho para ti e sei como é bom ser mãe!
Sabes entender-me por passar o meu tempo a ser filha,
cuidando, tocando, vendo e sentido o rosto do amor que recebi.
Por isso hoje, respiro sorte por vos ter:
a ti, pequena, porque me dás o melhor estatuto, ser mãe,
e a ti, mamã,
por me entregares o diploma da vida!

4 comentários:

  1. Lindo! Parabéns pelo dia! beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Muito bonito. Recebeu o amor da sua mãe, a semente que ela plantou e que a Dra. Luisa a faz crescer todos os dias junto da sua filha. Bonito poema...duas gerações. SILVANA

    ResponderEliminar
  3. Para a nossa mãe, pagar o tributo da vida que recebemos; para os nossos filhos, pagar-lhes o "salário" pela vida que lhes "impusemos". E pagar com a única "moeda" que não desvaloriza: amor, todo o amor de que formos capazes.

    ResponderEliminar
  4. " Por isso hoje, respiro sorte por vos ter "

    Nem todos estão em idade de ainda terem mãe, Luísa...

    Linda e sensíveies todas as palavras que escreves.

    Boa sorte para amanhã e dias seguintes.

    Um beijo.

    ResponderEliminar

Olhares de perto