terça-feira, 22 de julho de 2014

Cartas

foto da net

Sei que me escreves sem letras
e  que
 me dedicas os mais belos poemas de amor!
Sei que guardas, fora papel,
 a dedicatória eterna,
da eloquente evocação da paixão!
Sei que me consagras tua
nas palavras que ficam por dizer...
...mas que bem ditas se situam
neste meu tão belo viver!



14 comentários:

  1. Que te posso dizer, Luísa ?

    Que gostei muito ?
    - Isso já tu sabes há muito !

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Basta que digas que lês...já me deixas feliz!
      Beijinhos mil, senhor das mil e uma belas imagens!

      Eliminar
    2. Sabes que vejo sempre o UM OLHAR DE PERTO !

      Eliminar
    3. Sei sim e não te dispenso!
      Mil beijinhos

      Eliminar
  2. Digo: quem assim escreve ama, confiantemente,
    Num poema apaixonante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hum! Já me lê para além das letras...
      ;-)

      Eliminar
  3. Belo poema sobre o amor. "Sei que me consagras tua/nas palavras que ficam por dize.../mas que bem ditas se situam neste meu tão belo viver! Pode haver palavras que ficam por dizer mas a alma sente-as!. SILVANA

    ResponderEliminar
  4. Sei que me consagras tua nas palavras que ficam por dizer..
    Precios..sentirse así!!

    ResponderEliminar
  5. E uma delícia quando os olhos sr encontram e tudo e dito sem uma única palavra.
    Beijo Fi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim é! Assim foi, assim continuará a ser...
      São diálogos entendiveis pelos silêncios!
      Bjnhs

      Eliminar
  6. Minha querida amiga, mais um excelente poema, certamente inspirado por um coração feliz.
    Um verdadeiro hino à confiança. Parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Certamente, são dissertações do coração!
      certamente...
      Bjnhs

      Eliminar

Olhares de perto