sexta-feira, 25 de julho de 2014

Deixa a lua brilhar...

foto da net
Deixa a lua brilhar!
Sente a brisa quente do mar
...e deixa a lua brilhar!
Cruza as pernas, senta-te no chão, 
olha a linha do horizonte
...e deixa a lua brilhar!
Deixa o tempo passar, 
fecha os olhos sem pestanejar
...e deixa a lua brilhar!
Sentes a vida?
- Então deixa-te estar! 
É para ti este luar!

9 comentários:

  1. Este poema veio mesmo a calhar, Ia-me deitar mas estava um pouco nervosa. Imaginei-me à beira mar e à medida que lia cada frase ia relaxando e uma calma invadiu o meu ser, Vivi intensamente este poema. Que mais posso dizer.... obrigada por estes momentos tão deliciosos. SILVANA

    ResponderEliminar
  2. Como quem lê se sente bafejado pela oferta, pela parte que me toca, o meu muito obrigado.
    E que o seu coração tenha sempre a serenidade da luz do luar para oferecer.
    Bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  3. Tenho tido muita dificuldade no acesso à net, Luísa.
    Por vezes, quando acedo, nem consigo comentar...
    É desesperante.

    Espero por uma Lua Cheia ( quando estiver no ALL ALGARVE para fotografar.)

    Lindo de morrer este teu poema !
    Um beijo amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aguardo a tua lu...a,querido amigo!
      Bjnhs sem stresse

      Eliminar
  4. "Deixa-te estar" no poema da contemplação
    fecha os olhos e abre o coração.

    ResponderEliminar
  5. Este poema é sem duvida fantastico.
    Muito obrigada pelo seu luar.
    Beijo Fi

    ResponderEliminar

Olhares de perto