sábado, 12 de julho de 2014

Para um bocadinho


foto by Luísa - Barragem de Queimadela

Se parares um bocadinho,
 sente o cheiro do carvalho,
abre os olhos ao aroma mais belo e desfruta!
Se parares um bocadinho,
ouve a sinfonia assobiada dos grilos,
e vê os peixes a saltar!
Se parares só um bocadinho...
...vais sentir o quanto é belo poder aqui te encontrar!




4 comentários:

  1. "Se parares um bocadinho,ouve a sinfonia assobiada dos grilos,e vê os peixes a saltar!Se parares só um bocadinho......vais sentir o quanto é belo poder aqui te encontrar!"
    e aqui estou eu e, para lhe dizer tbem q es a minha number one, tens todo o meu apoio e elogios, bjs

    ResponderEliminar
  2. Um cenário de éden neste poema.
    Para um bocadinho ou pára um bocadinho?
    Maldito desacordo!

    ResponderEliminar
  3. Mais uma vez a natureza como tema quase constante nos seus poemas. Parar um bocadinho é o que a maior parte das vezes devíamos todos fazer. Se possível no meio da natureza, das árvores, dor grilos, do mar. ´Que serenidade encontraríamos, que melhor motor de arranque para as nossas vidas. SILVANA

    ResponderEliminar
  4. E continuo sem conhecer...
    Tenho que lá ir e parar !

    Um beijo.

    ResponderEliminar

Olhares de perto