sábado, 19 de julho de 2014

Um pássaro no céu...

foto by Luísa - Ofir, 19 de julho 2014

Esperei-te, surpresa de chuva,
num Minho meu carregado de cinza!
Corri litoral dentro encontrado-te desenhado no céu!
Tinhas asas, voavas e dizias em segredo:
-"o tempo foge-me devagarinho!"
E eu, feliz por te ter apanhado,
dei corda ao  relógio,
fiz apressar o tempo
deixando-te  passar de nuvem a água evaporada!
Apanhei-te de asas,
com voo marcado rumo ao sol...

6 comentários:

  1. " Apanhei-te de asas,
    com voo marcado rumo ao sol..."

    Pois, e o Sol afastou as nuvens !

    Gostei muito, Luísa !

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  2. As asas são para quem as merece. Para os voos de liberdade.

    ResponderEliminar
  3. Poema cheio de liberdade e magia. Lindo!. Silvana

    ResponderEliminar
  4. Vazio de significado...
    Hoje não gostei do que li!
    ;)

    ResponderEliminar

Olhares de perto